Olimpíadas

E por falar nisso, né?

Olimpíadas.

Acordei hoje (no sofá), aos sons de Brasil e Alemanha. Futebol feminino. Muito bom. O time da Alemanha bem alemão mesmo (eheheh) e a esquadra brasileira com uma cara bem mais brasileira que o futebol masculino (eheheh). A Marta joga muito. Formiga, Christiane… estão muito seguras. E eu acho que o pior adversário já passou. A Alemanha é campeã mundial de futebol, título ganho em cima da própria seleção brasileira. 0 x 0 pode parecer pouco, mas foi um bom resultado. O problema é que a Coreia do Norte venceu a Nigéria por um a zero (jogo que acompanho agora em VT), e agora lidera o grupo do Brasil.

Aproveitei, acordei, fiz café e emendei em China X Suécia. As donas da casa entraram sob os apupos de um estádio lotado e mais um bilhão de vozes gritando. Se desligasse a televisão dava pra ouvir os gritos vindos com o vento (só que com 30 minutos de atraso). As chinesas fizeram um a zero e depois só deu Suécia, que logo empatou o jogo. Depois de várias oportunidades da equipe Sueca, a seleção chinesa adicionou um gol à partida. Achei o selecionado da Suécia mais consistente (e as mulheres mais bonitas). Mas apesar da beleza das suecas, o time chinês acabou vencendo o jogo por 2×1.

Fiquei trabalhando e acompanhando, ao mesmo tempo, à partida entre Noruega 2 x 2 EUA, na qual as norueguesas fizeram dois gols logo no princípio do jogo e liquidaram a fatura. Soube de nossas vizinhas, moças do plantel argentino, que perderam para as meninas do Canadá por 2 x 1.

Também assisti a todos os documentários sobre tiro ao alvo, atletismo, dopping, ciclistas francesas, ginastas japoneses, enfim… em ritmo de olimpíadas. Dormir só em setembro. Estou acostumado. Tenho duas filhas pequenas.

Boa notícia: liberaram alguns canais de esporte na minha TV à cabo. Má notícia: no meio dos programas entra um anúncio com um volume BEM mais alto, falando sobre as maravilhas da programação. Agressivo né?

Então, estou que nem um maluco estudando ritmos brasileiros para a Biblioteca de Ritmos e acompanhando as olimpíadas. Durante este mês (em que ninguém quer saber de música, só de esportes variados), vou falar só sobre olimpíadas.

Vamos assistir ao início dos jogos em forma de cerimônia de abertura. Dizem que vai ser a festa mais bonita de todos os tempos, em matéria de olimpíadas. Acredito. Os chineses são danados para surpreender, já diria Marco Polo.

E o Tribunal Arbitral do Esporte heim? Deu ganho de causa para os times, contrariando a FIFA, e podem tirar Diego, Rafinha e Messi das olimpíadas. Espírito de porco olímpico.

Se fala aí

Valeu!

Uma ideia sobre “Olimpíadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *